Saber ouvir.

Nos dias de hoje, muito se fala na arte de falar bem.
No nosso tempo prevalece o “blá blá blá”, onde todos falam e ninguém se ouve verdadeiramente. Quem fala muito não ouve.

Todos nós gostamos de expor as nossas idéias e de ter uma participação no decurso de uma conversa com amigos. É normal desejarmos expor as nossas experiências, a nossa visão do mundo. A dificuldade está em saber ouvir, sem interromper uma idéia que se está a formar na boca de outrem, sem interromper o fio de um pensamento.
 
Mas como anda a sua audição?

Você sabe ouvir o seu filho, cônjuge, chefe, colega de trabalho ou amigo? A tarefa não é tão fácil quanto parece, porque ouvir é “deixar de lado a sua onipotência, não ter controle da situação, mas se despojar do próprio narcisismo. É preciso colocar a virtude da humildade no lugar da arrogância”(1).

Saber ouvir é aprender a ficar em silêncio. “É dar espaço para o outro falar o que quiser”(1).

Quanto mais você desenvolver a habilidade de saber ouvir os outros, maior sua probabilidade de prestar atenção nas necessidades das pessoas que estão a sua volta. Pessoas que não ouvem atentamente e ativamente, não conseguem captar informações importantes ou obter o apoio das pessoas!

Ouvir com atenção significa compreender sem avaliar ou julgar os pontos de vista da outra pessoa. Ouvir é tão difícil quanto pensar no que se ouve, mas totalmente necessário. Devemos nos esforçar para ouvir posições contrárias às nossas, devemos dar a chance para que o “outro lado” possa construir seu raciocínio e expor as justificativas às suas idéias. Somente desta forma podemos analisar melhor nossos próprios pontos de vista. E para isso, é necessário a habilidade de empatia, que é tanto uma percepção quanto uma habilidade comportamental.

Acredito que devemos primeiro aprender a ouvir a nós mesmos. Como está o seu dialogo interno? Você tem ouvido com atenção o seu coração, a sua intuição ou a sua alma? Você sabe identificar o que você está sentindo? Antes de ficar exercitando a arte de saber ouvir os outros, comece por você. Preste atenção no seu coração, na sua alma, na sua intuição e ouça qual a mensagem que estão querendo te passar.

Parece ser difícil no início, mas logo você perceberá o quanto valioso é saber ouvir o nosso coração. Conseqüentemente você estará mais aberto a ouvir o seu próximo, livre de julgamentos precipitado, sem a velha preocupação em ter que dar resposta. Muitas vezes o silêncio é a maior resposta. O silêncio faz com que você ouça a informação e comece a processar a situação.

Saber ouvir é, antes de tudo, um exercício fundamental para o seu bem estar.

Edmar Oneda
Coach de vida e sócio fundador da Academia do Palestrante.
Envie comentários deste artigo para  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  

(1) Rubens Alves

Tel.:(11) 3884-6558